Evite riscos durante as festas de junho e julho

Por todo o país, a cada ano, os meses de junho e julho são sinônimo de festa. E neste 2018, durante o período junino e julino, ainda mais celebração nos jogos do Brasil no campeonato mundial de futebol. O povo quer festejar, mas, para que a alegria seja plena, é importante prestar atenção à rede elétrica. Enfeites, fogos de artifício, instalações elétricas provisórias para eletrodomésticos, iluminação e som e até fogueira, tudo pode representa risco se não for bem dimensionado.

No caso das instalações elétricas temporárias, por exemplo, toda a atenção é necessária para que não haja sobrecargas em nenhum ponto de eletricidade. Por menor que seja a instalação, um projeto bem elaborado busca detalhar a iluminação e os equipamentos que serão ligados, a seção nominal dos condutores de cada circuito e o valor nominal dos disjuntores, sempre seguindo os critérios de segurança da norma NBR 5410 – Instalações Elétricas de Baixa Tensão.

Já em ambientes abertos, sujeitos à chuva e umidade, é obrigatório o uso do DR (Dispositivo Residual), que impede os riscos do choque elétrico em caso de contato direto ou indireto com a energia elétrica, detectando e desligando o circuito em caso de fuga de corrente. A escolha dos condutores é fundamental para um bom desempenho da instalação.

Atenção também aos enfeites com as típicas bandeirolas, faixas e outros adereços, que devem ser feitos com materiais isolantes, biodegradáveis e não podem, em hipótese alguma, ser afixados próximos da fiação da rede elétrica. Barracas, palanques e palcos precisam estar instalados com distância mínima definida pela concessionária da rede aérea, cuidado que inclui também as fogueiras.

Fiquem ligados nas dicas

  • Chamar um profissional qualificado, que saberá fazer corretamente a instalação e empregar materiais adequados;
  • Condutores elétricos no piso devem ser protegidos para evitar que sejam danificados e aumente o risco de choques elétricos e curtos-circuitos;
  • O mais recomendado é que os condutores elétricos utilizados nestas aplicações tenham cobertura além da isolação. Os mais indicados são os condutores com isolação de 0,6/1 kV;
  • Toda barraca, para aumentar a segurança, deve possuir pelo menos um dispositivo geral de proteção contra sobrecargas e curtos circuitos (disjuntores) e choques elétricos (dispositivo DR);
  • Certificar-se de que os fios estejam em bom estado e bem isolados e conectados nos pontos de conexão;
  • Equipamentos elétricos devem ser instalados em locais secos e abrigados da chuva.

 

Fonte: http://www.sil.com.br/pt/sil-news/not%C3%ADcias/evite-riscos-durante-as-festas-de-junho-e-julho.aspx


Voltar