O que significa gambiarra para você?

Todo mundo já ouviu falar em gambiarra. E todo mundo deve ter uma ideia de onde surgiu o termo.

Segundo a Wikipedia, “Gambiarra” (substantivo feminino) é uma palavra com vários significados, entre os quais os mais predominante são “extensão de luz” e, no Brasil, “improvisação” (que teria correspondência no termo “desenrascanço”, utilizado em Portugal). Entre outros significados, destacam-se “ramificação de luzes” (Ferreira, 1999), “ligação fraudulenta; gato” (Houaiss, 2001), “relação extraconjugal” (Navarro, 2004). O termo “gambiarra” costuma ser usado também como adjetivo, significando “precário”, “feio”, “tosco”, “mal acabado”.

Segundo a Veja, “tudo indica que ela nasceu – ou pelo menos que se popularizou – no vocabulário do teatro, com o sentido de extensão de luz de fio longo que se podia mover por diversos pontos do palco, segundo a necessidade de cada cena. O filólogo Antenor Nascentes entretém, cheio de dúvida, a possibilidade de “gambiarra”, que teve seu primeiro registro em 1881, ser um vocábulo derivado do hoje pouquíssimo usado “gâmbia”, substantivo informal, quase uma gíria, que fomos buscar no italiano gamba e que significa “perna”. Juntando-se a “gâmbia” com o sufixo aumentativo -arra, teríamos então uma perna grande.”

Ou seja, provavelmente usava-se uma extensão (perna) de fio muito longo para que pudesse chegar a qualquer lugar. Como isso era um improviso, acabou sendo associada à cultura popular do jeitinho brasileiro. Interessante notar que gambiarra não apenas é um termo brasileiro como está ligada à eletricista.

 

Mas, para você, o que é gambiarra?

Não responda ainda. Que tal enviar sua história mostrando como você, nobre Eletricista Consciente, acabou com uma gambiarra existente. Mostre que você é um Caçador de Gambiarras.

Para enviar, use o e-mail duvidas@eletricistaconsciente.com.br com o assunto: Caçadores de Gambiarra + NOME DO ELETRICISTA + foto do antes e depois do seu extermínio da gambiarra. Se estiver tudo correto, além de ver seu trabalho publicado aqui, você ganha 300 pontos.

Recapitulando:

  • Envie uma foto antes e depois da gambiarra.
  • Envie também uma selfie sua com o trabalho feito 🙂.
  • Conte sua história.

Vamos mostrar que os Eletricistas Conscientes estão empenhados em exterminar as gambiarras do mundo.

Abraços,
Equipe Eletricista Consciente

Caçadores de Gambiarra – Luana Magalhães

Alguém já viu uma gambiarra como essa? A Luana nos enviou e nós nem acreditamos que tinha gente tomando banho nesse chuveiro! Que perigo! Olha o relato dela:

“Fui contratada por uma cliente que estava com disjuntor do chuveiro desarmando com frequência e o chuveiro não esquentava direito. Após a troca do condutor e colocar o disjuntor no quadro de distribuição, o  chuveiro funcionou normalmente. ”

É cada gambiarra que nem acreditamos!

Vocês já conhecem o Programa Casa Segura? É uma iniciativa do Procobre para alertar a todos sobre os perigos das instalações elétricas. Eles fazem post, dicas e alertas sobre isso e muito mais, indique para seus amigos e clientes e vamos juntos combater a gambiarra no Brasil.

 

 

Caçadores de Gambiarra – Paulo Cesar

O Paulo nos enviou uma gambiarra que está mais para uma relíquia. Você já se deparou com isso?

“Prezados em meus trabalhos de eletricidade me deparei com uma edificação com vida útil de mais de 50 anos, onde encontrei uma gambiarra e ao mesmo tempo uma relíquia a qual queria compartilhar com outros profissionais.
Companheiros de profissão reparem no voltímetro, amperímetro e as seccionadoras antigas.
Solicitei ao proprietário que parafusasse a estrutura em uma parede para exposição, pois será uma lembrança  dos antigos componentes elétricos.
Ao mesmo tempo envio as fotos de como está ficando as instalações da referida edificação, para vocês fazerem as devidas comparações.”
        
       

 

Caçadores de Gambiarra – Carlos Diego

Hoje vamos contar a história do Carlos, que fez tudo certinho e ainda levou um calote! Quem já passou por isso?

Veja o relato e algumas fotos:

“Mesmo depois de dá um jeito tomei um calote de 500 reais! Se não fosse os amigos e a igreja eu estaria passando fome… E para piorar, o cidadão nem agradeceu o serviço feito.
Gambiarra foi pouco nesse trabalho aí”

Caçadores de Gambiarra – Tiaggo Pereira

O Tiaggo nos mandou a sua história, veja só:
“Fui atender um cliente, a Sra Vera.
Com a reclamação básica: queda de tensão ao ligar o seu chuveiro. Quando abri o QDL da cliente, tomei um baita susto! Circuito mal balanceado, Proteção mal dimensionada e por ai vai…
Outra coisa q me deixa muito grilado é o porteicista (porteiro metido a eletricista) o zelacista  (zelador eletricista) e o tradicional  pedrecista, que todos já conhecem!
Eletricista consistente é o que liga! Sou um caçador de gambiarra!”