Incêndio de grandes proporções atinge hospital Badim, no Rio de Janeiro

Um incêndio de grandes proporções atingiu o hospital Badim, instituição particular localizada na Tijuca, zona norte do Rio de Janeiro. No fim da tarde de hoje, pouco antes das 18h, o prédio começou a ser tomado pelas chamas, e uma fumaça preta e espessa pôde ser vista de longe por moradores da região.

O vice-governador do Rio, Claudio Castro, afirmou às 22h20 que uma pessoa morreu. Ainda não se sabe se era paciente ou funcionário. Ele também afirmou que as equipes trabalham para identificar se há mais vítimas;

Os pacientes foram transferidos para hospitais próximos, tanto privados como públicos.

Segundo os bombeiros, por volta das 20h já não havia labaredas no local. “Mas como o incêndio foi grande, há muita fumaça e a visualização do local ainda está ruim”, disse a corporação ao UOL.

Seis viaturas do Corpo de Bombeiros seguem no local. E familiares de pacientes se aglomeraram na rua enquanto esperam por informações.

Curto-circuito e pacientes retirados

Segundo o hospital, o incêndio foi provocado por um curto-circuito em um gerador na antiga unidade — o hospital tem dois prédios, um com 19 anos de fundação, segundo o site da instituição, e outro inaugurado em 2018.

Informações preliminares apontam que o incêndio se iniciou após um curto-circuito no gerador do subsolo do prédio mais antigo, espalhando fumaça para todos os andares.

Pacientes foram retirados ainda na maca e funcionários improvisaram leitos na rua São Francisco Xavier, que está bloqueada. Quem estava no prédio antigo, onde as chamas começaram, foi transferido para a unidade nova. O hospital tem capacidade para 128 leitos.

“Todos os pacientes do CTI 1 já foram retirados e estão recebendo os primeiros atendimentos na rua Arthur Menezes. Nesse momento, os pacientes do CTI 2, que tem 20 leitos, também estão sendo retirados”, informou o hospital.

“Toda a direção do hospital Badim está empenhada em prestar os devidos socorros necessários aos pacientes, que estão sendo transferidos para o hospital Israelita Albert Sabin e para os hospitais da Rede D’.Or, do qual o Badim é associado”, comunicou o centro médico.

Clique aqui para assistir ao vídeo!

Fonte: Uol!


Voltar