Webinar 02/09

Você sabe todas as informações necessárias sobre PDA – Proteção contra Descargas Atmosféricas?

Pela importância do assunto a Abracopel em parceria com o Programa e o Leonardo Energy criaram um ciclo de Webinars onde o principal tema é ABNT NBR 5419/2015 e suas derivações.

O primeiro é agora dia 02/09, você não vai perder essa oportunidade, vai?

Clique aqui e se inscreva!

Você quer conhecer uma das maiores fábricas de cabos da América Latina?

Em novembro, o Programa vai levar um grupo de eletricistas para conhecer uma fábrica de cabos. Quem participou da visita à fábrica da 3M este ano sabe da emoção que é.

Você gostaria de participar?

É fácil: participe do Desafio do Eletricista. Além de testar seus conhecimentos ele é seu passaporte para a visita. E não precisa estar entre os primeiros colocados: vamos convidar todos os participantes.

Gostou? Aproveite para responder já porque o prazo é até dia 07/09 e está se esgotando.

Como deve funcionar a usina solar espacial planejada pela China

Instalação pode gerar, em tese, energia em 99% do tempo, com até seis vezes mais eficiência do que uma usina em terra

São Paulo — A China anunciou nesta semana que está trabalhando em uma iniciativa um tanto quanto inusitada: uma usina solar no espaço. A ideia é otimizar a coleta de luz do Sol, captando-a antes que ela se dissipe na atmosfera da Terra. A instalação pode gerar, em tese, energia em 99% do tempo, com até seis vezes mais eficiência do que uma usina em terra, conforme estimou um pesquisador da academia chinesa de tecnologia espacial ao jornal local Science and Technology Daily. Mas o plano parece até coisa de ficção científica.

Construir uma usina solar no espaço não é uma ideia exatamente nova. Como lembra uma reportagem do site Nature, Estados Unidos e Japão já flertaram com essa ideia. Mas não é barato — e nem fácil —  enviar uma instalação do tipo para o espaço, já que ela poderia facilmente pesar mais de 1.000 toneladas. A Estação Espacial Internacional, para efeito de comparação, tem menos da metade disso.

Clique aqui para ler a matéria completa da Exame!

Concessionária de eletricidade da Malásia diz que mineradores de Bitcoin roubaram US$ 25 milhões em energia

A empresa estatal malaia de energia elétrica Tenaga Nasional Bhd (TNB) está reforçando as medidas em uma tentativa de conter os milhões em prejuízos por roubo de eletricidade por mineradores de Bitcoin (BTC).

De acordo com um relatório de 15 de agosto da EdgeProp, placas de distribuição de eletricidade adulteradas usadas nas operações locais de mineração de Bitcoin custaram RM106 milhões (US$ 25,3 milhões) à TNB em junho de 2019.

Houve 437 casos de roubo de energia relacionados à mineração na Península da Malásia durante esse período, 370 dos quais foram registrados no estado de Selangor.

Clique aqui para ler a matéria completa!

O melhor evento gratuito da área elétrica está chegando a São Paulo

No dia 24/09, acontecerá o Fórum Potência em São Paulo.

O Fórum Potência é formado por palestras de consultores reconhecidos no mercado e especialistas dos patrocinadores. Uma de suas grandes vantagens é que, em apenas um dia, os participantes têm a oportunidade de atualizar seus conhecimentos e ampliar sua rede de relacionamento. Tudo isso ancorado através do contato com as novas tecnologias e soluções apresentadas pelos patrocinadores.

Para se inscrever clique na imagem abaixo!