Gigante chinesa de energia solar quer 20% do mercado brasileiro ainda neste ano

Nos últimos dez anos, a chinesa Trinasolar acumula 19 recordes mundiais no quesito taxa de eficiência dos painéis de energia solar. O momento não poderia ser mais apropriado para a empresa usar o diferencial tecnológico e tentar ganhar espaço no Brasil: o país vive uma corrida de consumidores atrás de painéis solares para fugir dos sucessivos reajustes das tarifas de energia elétrica. Por causa da seca nas principais bacias hidrográficas, a conta de luz deste mês de julho terá tarifa amarela, ou seja, haverá cobrança adicional de R$ 1,50 para cada 100 quilowatts-hora consumidos.

Clique aqui para ler a matéria completa da Gazeta do Povo!


Voltar