Energia solar pode ganhar impulso extra após queda de preço em leilão

Apesar do imenso potencial do Brasil para a geração solar, a fonte representa apenas 1,27% da matriz elétrica do país

São Paulo — A energia solar pode ganhar um impulso extra no Brasil após os resultados históricos de um leilão realizado na semana passada pelo governo para a contratação de novos projetos de geração, disseram à Reuters dois importantes especialistas em planejamento energético.

As usinas solares apresentaram os menores preços na licitação da última sexta-feira, chegando a negociar a produção futura a 64,99 reais por megawatt-hora, valor pela primeira vez inferior ao praticado por empreendimentos eólicos e hídricos.

Clique aqui para ler a matéria completa da Exame!


Voltar