Dicas indispensáveis para garantir sua segurança no uso das extensões elétricas

É muito comum o uso de extensões elétricas nos lares dos brasileiros, pois elas viabilizam o funcionamento de vários equipamentos de energia elétrica ao mesmo tempo. Porém, se usada de forma inadequada, ela pode trazer riscos aos usuários gerando pequenos curtos-circuitos e até incêndios. Segundo a Associação Brasileira de Conscientização para os Perigos da Eletricidade (ABRACOPEL), somente em 2015 ocorreram 39 acidentes, sendo 36 fatais, causados pelo mau uso de extensões e benjamins.

João Cunha, engenheiro e consultor técnico da Nexans, afirma que “o usuário precisa estar atento aos perigos existentes no manuseio errado das extensões. Um exemplo é o aumento da quantidade de aparelhos conectados em uma mesma fonte.” Para ele o uso da extensão elétrica requer alguns cuidados para que seja garantida a segurança do usuário.

Pensando nisso, ele listou seis dicas indispensáveis ao usar extensões. Veja:

  1. Utilize produtos de qualidade: a boa qualidade dos produtos que compõem a extensão (cabos, plugues e tomadas) é fundamental para a segurança, evitando incêndios e choques elétricos;
  1. Não esqueça o DR: Uma extensão deve sempre ser ligada em uma tomada protegida por um dispositivo de segurança (DR) de 30 mA. Esta é garantia da proteção contra choques elétricos quando a isolação do cabo é danificada e o usuário não percebe;
  1. Inspecione periodicamente: a extensão deve ser inspecionada periodicamente para verificar a integridade da isolação e dos plugues e tomadas;
  1. Se atente à capacidade da extensão: A capacidade de corrente do cabo deve ser compatível com a corrente da carga, o plugue compatível com a tomada onde a extensão será ligada e vice-versa;
  1. A compatibilidade com o plugue do equipamento: A extensão não pode diminuir a segurança que o fabricante conferiu ao equipamento, quando o plugue do equipamento for de três pinos a extensão deve ser de três pinos também, quando o plugue for de dois pinos a extensão pode ser de dois pinos, com o fio terra incorporado no cabo. Nunca é permitido anular o fio terra, qualquer que seja o artifício;
  1. Faça uso de produtos certificados: a extensão deve ter a certificação do INMETRO, que comprova a garantia mínima de segurança e qualidade do produto. Nunca comprar produtos no comércio informal.

 


Voltar