Dimensionamento correto dos condutores

“Quando devo usar fio mais grosso e quando posso usar fio mais fino?” O fio mais grosso é caro, por isso eu uso o mais fino”.

Estas são algumas das perguntas que muitos de vocês devem fazer sempre que deparam com uma instalação elétrica nova ou uma reforma da instalação elétrica pela frente, não é mesmo?

Um condutor de uma determinada seção tem a capacidade de conduzir uma determinada corrente em determinada condição de instalação. Por exemplo, um condutor com seção de 1,5mm2 em PVC poderá conduzir uma corrente de até 15 Amperes se instalado em um eletroduto embutido, com um único circuito, em uma temperatura de até 40 graus Celsius, por um percurso não maior que 20 metros (estes valores são hipotéticos e servem apenas para exemplificar). Se, nessa mesma condição, instalarmos mais dois circuitos no mesmo eletroduto, a condição vai mudar e o condutor passará a ser capaz de conduzir somente 13 Amperes. Isso se dá pela influência de temperatura e dissipação dos demais condutores, ou seja, quando você instala mais dois circuitos no mesmo eletroduto, a temperatura ambiente do eletroduto subirá e, então, o isolamento precisará de mais folga para lidar com isso. Se ao invés de passar 13 Amperes o circuito passar 15, como na condição anterior, ele poderá esquentar e provavelmente perderá seu isolamento, podendo colocar em risco sua instalação, iniciando um incêndio.

Este é um dos motivos em que o dimensionamento correto de um condutor deve ser realizado em todas as instalações pois, nesse dimensionamento, é realizado um estudo de todos os parâmetros necessários para que a seção (ou bitola como é conhecida) seja adequada para a condição e não coloque em risco a instalação elétrica e a vida dos usuários.

Outro benefício que se tem no dimensionamento correto é em relação à economia de energia elétrica, que é diminuída à medida que o dimensionamento do condutor não esteja correto, e este é um ganho que não podemos deixar de obter, certo?

Veja as dicas:

  • Não reduza a seção do condutor sem antes contratar um profissional habilitado para elaborar o projeto e definir a seção adequada;
  • Não aumente a corrente que passa por um condutor, instalando mais equipamentos na mesma tomada, pois ele pode aquecer e iniciar um incêndio;
  • Use, sempre que possível, uma seção maior do que a recomendada, pois assim você estará com sua instalação segura e ainda de quebra economiza energia.

Lembre-se: Um condutor bem dimensionado é garantia de segurança para todos.

Edson Martinho é Engenheiro Eletricista, palestrante e colunista.


Voltar