Proteção contra surtos de tensão em equipamentos eletrônicos

A facilidade de crédito dos últimos anos trouxe o acesso aos tão sonhados equipamentos eletrônicos a praticamente todos os brasileiros. A Copa do Mundo, em 2014, movimentou o mercado de televisores de última geração, home theater, sistemas de som, computadores e tantos outros equipamentos. O mesmo acontecerá em 2016 com as Olimpíadas.

Com essa demanda, a sua instalação elétrica está preparada para receber todos esses equipamentos?

Na maioria dos casos a resposta é: ”não está” ou ”não sei se está”, pois essa é uma prática do brasileiro, ou seja, não verificar sua instalação elétrica periodicamente. Por isso o tema verificação periódica da instalação elétrica está sempre em evidência por aqui.

Então vamos nos ater à proteção dos seus equipamentos eletrônicos, aqueles que você adquiriu com o seu trabalho.

Comecemos com uma nova pergunta: você já teve algum equipamento eletrônico danificado durante tempestades com raios ou mesmo quando houve uma interrupção de energia elétrica? Se não foi vítima desta condição, certamente conhece alguém que já foi.

Vale informar que nos dois casos citados pode haver uma alteração na energia conhecida como surto de tensão, que é um aumento significativo da tensão (voltagem) em um curto espaço de tempo, que pode danificar aparelhos eletrônicos. A descarga atmosférica ou o raio, como conhecemos, pode causar este surto, mesmo tendo ocorrido longe da sua instalação, pois ele pode vir pela rede da sua distribuidora de energia elétrica.

Mas como eu posso me proteger? Há um dispositivo no mercado, conhecido como DPS – Dispositivo de Proteção contra Surtos de Tensão – que desvia esse surto para a terra quando ocorre, não permite que ele chegue até a sua instalação e, consequentemente, aos seus equipamentos, preservando-os. A instalação desse dispositivo requer um conhecimento mais aprofundado de uma instalação elétrica. Portanto, só pode ser realizado por um profissional qualificado. Porém, o benefício é enorme, já que um equipamento danificado pode causar um transtorno muito grande.

Por outro lado, a presença desse dispositivo em uma instalação elétrica predial está previsto desde abril de 2005, quando foi publicada a norma técnica NBR5410/2004. Esta norma rege as instalações elétricas de baixa tensão, ou seja, instalações elétricas prediais. Nela, há a obrigatoriedade da instalação de dispositivos de proteção contra surto em todas as instalações de baixa tensão como forma de proteção. Se sua instalação foi construída após essa data, verifique se o DPS está instalado e verifique se está protegendo sua instalação, contatando um profissional para isso. Se a sua instalação é anterior a essa data, contrate já um projeto e a instalação deste dispositivo para proteger sua instalação.

Edson Martinho é Engenheiro Eletricista, palestrante e colunista.


Voltar